Milênio Embalagens

Selo de Qualidade da Milenio Embalagens

RESISTÊNCIA A COMPRESSÃO X RESISTÊNCIA AO EMPILHAMENTO. QUAL A DIFERENÇA?

  • Home
  • RESISTÊNCIA A COMPRESSÃO X RESISTÊNCIA AO EMPILHAMENTO. QUAL A DIFERENÇA?

RESISTÊNCIA A COMPRESSÃO X RESISTÊNCIA AO EMPILHAMENTO. QUAL A DIFERENÇA?

RESISTÊNCIA A COMPRESSÃO X RESISTÊNCIA AO EMPILHAMENTO. QUAL A DIFERENÇA?

Para calcularmos a resistência a compressão de sua embalagem de papelão ondulado, utilizamos uma fórmula matemática chamada de Fórmula de Mckee. Esta fórmula é dada em função do perímetro da caixa de papelão (duas vezes comprimento mais duas vezes a largura da caixa), da resistência de coluna da chapa e da sua resistência a flexão, além da relação entre comprimento e largura da caixa.

Para facilitar e promover a utilização da fórmula de Mckee, foi substituído a resistência à flexão pela espessura da chapa de papelão ondulado. Essa alteração facilitou e muito o entendimento e utilização no dia a dia dos usuários, fazendo com que a fórmula ficasse conhecida conforme equação abaixo:

Sendo :BCT= Resistência a compressão
K= Constante que depende do tipo de estrutura do papelão ondulado
C= Resistência de Coluna do papelão ondulado
P= Perímetro da caixa
E= Espessura do papelão ondulado.
Diferente da resistência a compressão da Caixa de papelão ondulado, a resistência ao empilhamento é o valor máximo de carga que sua embalagem pode suportar sobre ela, lembrando que sempre devemos analisar todas as condições as quais a embalagem é submetida durante seus processos, desde o tempo de estocagem, umidade relativa do ar, tipo de arranjo sobre o palete, número de caixas empilhadas sobre ela etc. Nestes casos, a carga imposta sobre a caixa na base do palete é multiplicada por um fator de segurança considerando todas essas variáveis que possam se apresentar.

Para determinarmos o fator de segurança, devemos considerar o fator de perda de cada variável mencionada. Para exemplificar uma situação que é bastante comum, uma caixa que fica estocada em um ambiente onde a umidade relativa do ar é em torno de 70%, determinaremos uma perda de até 20% de sua resistência. Caso esta mesma embalagem fique estocada por 30 dias, seu fator de resistência perde incríveis 40%, apenas pelo tempo de estocagem.

Como já mencionamos em artigos anteriores, existem diversas maneiras de se organizar suas embalagens sob o palete, caso esteja “paletizado” no modo cruzado, haverá uma perda de 40% a 60%. Para nos aprofundar ainda mais, a própria distância entre uma tábua da base do palete para a outra, também causa um fator de perda de 10% a 25%. Existem outros fatores que devem ser levados em conta, por isso é importante que você tenha total conhecimento de todos os processos que sua embalagem irá enfrentar desde sua estocagem até a forma de distribuição.

Com base nesta explicação, podemos concluir que existe sim uma diferença entre resistência a compressão, e resistência ao empilhamento. Quando especificamos a resistência a compressão, estamos nos referindo ao teste de resistência feito em um prensa apropriada, que nos dará o fator correto da embalagem. Se este valor for, ou não correspondente ao fator de resistência de empilhamento, depende de ter sido especificado, para a resistência a compressão, o mesmo valor especificado para a resistência ao empilhamento. Normalmente é isso que acontece na prática. Devido a esse costume, isso leva muitos usuários a não considerarem a distinção entre o fator de resistência a compressão, e o fator de resistência ao empilhamento como coisas distintas. Mas é muito importante leva-lo em consideração, pois a grande diferença, está nos fatores de perda, que são levados em conta na resistência ao empilhamento, e na resistência a compressão não.

Para garantir que suas embalagens tenham a performance necessária para proteger seu produto, com o melhor custo benefício, entre em contato com nossa equipe técnica. Estamos a sua disposição.

Artigo elaborado pela Milênio Industria de Embalagens, tendo como fonte principal e reprodução da imagem a publicação: Pereira, Juarez – Papelão ondulado em artigos. Revisão 2014 – ABPO, p. 101 a 102

Falar pelo WhatsApp

Fale com a Milênio Embalagens

Tem alguma dúvida, precisa de ajuda com algum projeto? Fale agora mesmo com um de nossos especialistas.

Telefone

(11) 4067-2566

WhatsApp

(11)96157-1112