Milênio Embalagens

Selo de Qualidade da Milenio Embalagens

COMPENSAÇÕES, COMO CHEGAR A MEDIDA INTERNA REAL DA EMBALAGEM DE PAPELÃO ONDULADO?!

  • Home
  • COMPENSAÇÕES, COMO CHEGAR A MEDIDA INTERNA REAL DA EMBALAGEM DE PAPELÃO ONDULADO?!

COMPENSAÇÕES, COMO CHEGAR A MEDIDA INTERNA REAL DA EMBALAGEM DE PAPELÃO ONDULADO?!

COMPENSAÇÕES, COMO CHEGAR A MEDIDA INTERNA REAL DA EMBALAGEM DE PAPELÃO ONDULADO?!

Basicamente as compensações baseiam-se na espessura do material que está sendo utilizado na confecção da embalagem. Quanto maior a espessura do papelão ondulado, maiores devem ser os acréscimos entre os vincos. Essas informações são de conhecimento obrigatório para qualquer projetista de embalagens, que, ao iniciar o desenvolvimento, deverá compensar as medidas de acordo com a espessura da chapa de papelão utilizada e modelo de embalagem a ser produzido.

Para um leigo, é comum não compreender o porquê das medidas entre os vincos sempre serem maiores do que as medidas internas especificadas no projeto da embalagem.

Como afirmamos anteriormente, as compensações estão diretamente ligadas à espessura da chapa de papelão. Quando se efetua um vinco na chapa plana, criasse uma linha, que, ao dobrar-se, “encolhe” o equivalente à metade da espessura da chapa, ou seja, para se definir a distância a ser compensada, devemos dividir a espessura pela metade, e multiplicar pela quantidade de vincos que influenciará naquela parte da embalagem.

A titulo de exemplo, vamos supor que estamos fabricando uma caixa normal com medidas internas de 150mm x 100mm x 100mm (C x L x A) com um papelão onda C, que tem como padrão uma espessura média de 4mm. Para definir quanto devemos compensar, precisamos entender que cada lado da caixa (comprimento, largura ou altura) precisa de 2 vincos para se formar, portanto, à medida interna deveremos acrescentar duas metades da espessura (2mm + 2mm), ou seja, o equivalente à uma espessura, que é 4mm.

No caso da altura, devemos compensar a medidas em duas vezes a espessura (8mm), pois além dos vincos, existem as abas internas que ficam sob as abas externas. Neste caso as medidas externas seriam 154mm x 104mm x 108mm (considerando uma chapa de espessura de 4mm)

Quando utilizamos materiais mais pesados (> 700g/m², por exemplo) que são mais resistentes ao esmagamento, devemos acrescentar alguns milímetros à compensação. Nestas situações consideramos as medidas internas da caixa + espessura + 2 mm.

Como já afirmamos, esse é um dos mais importantes conhecimentos que um projetista deve ter antes de iniciar um projeto de uma embalagem. Informações como qualidade do papelão, tipo de onda, modelo da embalagem, quantidade de vincos, dentre outras características são de extrema importância para se definir quanto devemos compensar nas medidas internas, a fim de atender as especificações do cliente.

Para garantir que suas embalagens tenham a performance necessária para proteger seu produto, com o melhor custo benefício, entre em contato com nossa equipe técnica. Estamos a sua disposição.

Artigo elaborado pela Milênio Industria de Embalagens, tendo como fonte principal e reprodução da imagem a publicação: Pereira, Juarez – Papelão ondulado em artigos. Revisão 2014 – ABPO, p. 253 a 255.

Falar pelo WhatsApp

Fale com a Milênio Embalagens

Tem alguma dúvida, precisa de ajuda com algum projeto? Fale agora mesmo com um de nossos especialistas.

Telefone

(11) 4067-2566

WhatsApp

(11)96157-1112